quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Queria saber sorrir


Queria saber sorrir
Igual o guri que solta a pipa
E deixa o vento guiar seu sonho
Mas pra mim só há vento medonho
Que fere como laço de ripa
Tal dor é impossivel medir

Queria saber sorrir
Igual o velho que beija o neto
E deixa a lágrima cobrir seu rosto
Mas pra mim só existe desgosto
Talves, por seguir o caminho honesto
Tal certeza é impossivel adquirir

Queria saber sorrir
Como um cão que corre na grama
E retorna ao dono, alegre, com um osso
Mas pra mim o retorno é doloroso
Se insisto, minha mente reclama
Tal idéia me faz desistir

Queria saber sorrir
Igual ao tocardor de viola
Que, mesmo com fome, não descansa
Mas pra mim não resta esperança
Nem que eu lhe dê esmola

Nem que eu...

Nem...

deLima Jr 24/10/2007

Queria, ainda, tornar a ser o sonhador que soltava a pipa
Mas a tempestade da realidade levou meus sonhos embora
Queria, mesmo, saber sorrir..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar!