Perfil
Página

segunda-feira, 13 de março de 2017

Banda Jardim de Pedra 10 anos

Há 10 anos eu estava fazendo isso...
Adão De Lima Junior com os amigos Nilton Loureiro, Ricardo Dutra, Nei Martins
Serve the Servants (cover Nirvana)

Continuar (música própria da banda Jardim de Pedra)


terça-feira, 7 de março de 2017

Para refletir no Dia da Mulher

Para refletir no Dia da Mulher.

Toda mulher é uma jóia, dentro de uma caixinha delicada coberta de veludo, porém, feita da mais forte pedra preciosa. Deve-se ter cuidado ao abrir esse porta-jóias, porque cada uma delas, apesar de tanta semelhança, é única e surpreendente.

Adão de Lima Jr 08/03/2017

segunda-feira, 6 de março de 2017

Will Eisner Shop Talk Segredos de Prancheta

Leitura de férias: Shop Talk, Segredos de Prancheta, de Will Eisner!

Aprendendo com os mestres dos quadrinhos e seus processos de trabalho, muitas histórias desde os anos 30 envolvendo desenhistas de quem nunca ouvimos falar e outros que estão ai até hoje. Grandes artistas como #NealAdams #JackKirby & #JoeSimon #JoeKubert #GilKane #HarveyKurtzman #LouFine, entre outros.

O livro é um grande relato dos pioneiros das tiras e histórias em quadrinhos do século passado, entrevistados por ninguém menos que Will Eisner, que sempre nos presenteia com histórias de sua vida. A intenção dele com estas "conversas" feitas entre 1981 e 1984, com o intuito de tentar trazer à tona as técnicas e macetes de cada artista.

Sobre a edição brasileira: Sem querer desmerecer o trabalho de ninguém, encontrei muitos erros que não deviam ter passado pela revisão. Mas isso ainda tem acontecido com outros trabalhos de Eisner, como Vida em Quadrinhos, edição de luxo, com erros nos textos de balões e até uma página invertida.

#EditoraCriativo #DarkHorseComics #WillEisner

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

SketchBokk Rodolfo Zalla

     Muito feliz com a chegada do SketchBook Tributo em homenagem a um dos maiores ilustradores que já passaram pelo Brasil, o argentino de alma brasileira Rodolfo Zalla. O Cara que, junto com grandes nomes dos quadrinhos, trouxe o gênero de HQ de Terror para o nosso país com Calafrio e Mestres do Terror. Ilustrou livros de história para escola. Desenhou quadrinhos de vários estilos. Neste livro, que é um conjunto de relatos e homenagens de desenhistas e escritores, podemos ler de seus amigos e fãs várias passagens de sua vida e obra.

     Agradeço ao @Bira Dantas, organizador do livro, que convidou o Denilson Reis para escrever um relato sobre o mestre, e que me convidou para fazer uma caricatura do Zalla. A minha participação é uma agulha no palheiro de mais de 160 ilustradores ou escritores que fazem parte dessa galeria, e pra mim é uma satisfação tremenda estar próximo de caras como: #MozartCouto, Francisco Sebastião Vilachã, #BiraDantas, Gazy Andraus, #JulioShimamoto, #Laudo, #Ota, #Marcatti, Rubens Francisco Lucchetti, #TakoX, #WatsonPortella,  com meu desenho na mesma página de Kendi Sakamoto e Sebastião Seabra.

     Parabéns a toda a equipe da #EditoraCriativo pela excelente publicação!

     Produto exclusivo da www.criativostore.com.br

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Revirando o Baú: Revistas Comix

Revirando o Baú...

...encontrei essas revistas Comix, do final dos anos 90, com várias matérias  e entrevistas legais:  Luke Ross, Jim Lee, Roger Cruz...



segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Revirando o Baú: Rock in Rio 1985 e Steve Vai 1988

Revirando o Baú

Revistas:


-  Rock In Rio: Quem É Quem (Internacional), 1985.

 - Guitar World, com matéria do guitarrista Steve Vai sobre o seu álbum solo de estréia: Passion And Warfire, 1988.



Matéria sobre a banda YES!

Revirando o Baú: RUSH revistas

Revirando o Baú

Duas revistas (Rokc Brigade e Bizz) com matérias da banda RUSH + uma revista poster.


Revirando o Baú: Sláine

SLÁINE O Deus Guerreiro

A HQ conta a história do guerreiro Celta. Com o texto de Pat Mills e a incrível arte pintada de Simon Bisley.

Mini série em 7 edições
Editora: Pandora Books
Ano de lançamento no Brasil: 2000 / 2001 (comprei as HQ nesse período)



Resenha Sbørnia Køntr'Atracka

Sbørnia Køntr'Atracka

Criatividade inteligente é o melhor tipo de humor. O Rio Grande do Sul tem a honra de exportar e apresentar ao grande público, artistas de tão elevado nível.

Com uma crítica social de extrema inteligência, que abusa de vários tipos de metáforas e palavras muito bem selecionadas de vários idiomas, o musical Sbørnia Køntr’Atracka”, apresetado nessa sexta (27) no Teatro São Pedro, conta mais um pouco da história da Sbórnia, onde mistura partes de outras peças teatrais: Tangos & Tragédias, Rádio Esmeralda, Tan  Tangos.

Entregando ao atencioso Hique, a ilustração: Sbórnia, que fiz em homenagem ao Nico e ao trabalho da dupla.

  

Tiago Ferraz (Rock de Galpão): voz e violão, abrindo Shô!




Tiago Ferraz abre o espetáculo com a música: Imprecisão, letra e música em parceria com Hique Gomez








O espetáculo conta com a participação de Simone Rasslan (Rádio Esmeralda): voz e teclados, Fernando Pezão (Papas da Língua): percussão, Cláudio Levitan: textos, voz e banjolin,  Tiago Ferraz (Rock de Galpão): voz e violão, Marco Fronckowiak (Cenografia), Gabriela Santos (Sapateadora), Heloiza Averbuck (Iluminação), Rique Barbo (Projeção), Edu Coelho (Sonorização), Marilourdes Franarin (Produção), Hique Gomez (Direção Geral, voz, violino, bandolin, serrote com arco), e o coral infantil Jungst Korahl Sborniani, direto da Sbórnia, além de outros artistas.


Eu e a Pri com a carismática e excelente musicista: Simone Rasslan, a sobrinha sborniada: Nabiha.

 

Kraunus Sang: Hique Gomes

O maestro Pletskaya (Nico Nicolaiewsky) e homenageado e lembrado a todo instante. Impossível deixar de perceber em Hique um certo saudosismo ao olhar para o lado, onde, durante trinta anos, esteve seu parceiro de palco. Mas o grande artista enfrenta as dores da perda e segue em frente.

Imaginei um certo maestro em frente ao camarim do Hique Gomes

Foi muito divertido ver e acompanhar o spalla Kraunus Sang conduzindo o público  como um verdadeiro maestro, fazendo as gargalhadas soarem no teatro.

Teatro São Pedro

No final do evento, como de costume, os artistas conduzem o público até a entreda do Teatro São Pedro, cantando a Aquarela da Sbórnia.

Público sborniano, em frente ao Teatro São Pedro
       Reencontrei o amigo Edu Coelho (sonorização do evento, produtor musical, guitarrista), e batemos um papo sobre música, claro, criações e rock progressivo! Falamos sobre projetos nostálgicos que “ainda” não realizamos, mas que estão em nossa memória e, quem sabe um dia colocaremos em prática.

Com o amigo Edu Coelho

Depois, ao voltarem para o salão de recepção, foram muito simpáticos ao atenderam aqueles que quiseram tirar fotos ou pegar autógrafos. Foi nesse momento que consegui entregar a ilustração que fiz em homenagem ao Nico e ao trabalho dos sborniados.

Coral infantil Jungst Korahl Sborniani, direto da Sbórnia

 

     Além de entregar o desenho, aproveitei para pegar autógrafos dos artistas no Tangos & Tragédias em Quadrinhos, escrito por Cláudio Levitan, que infelizmente não estava presente naquela  sexta-feira (27). Fica para uma próxima oportunidade.

 

Eu e a Pri com a sapateadora Lua: Gabriela Santos

Pegando autógrafos dos artistas


O espetáculo musical é excelente!

Se tiver a chance, confira!



* Crédito de todas as fotos: Priscila Rodrigues.


#hiquegomes #tangosetragedias #simonerasslan #tiagoferraz #kraunus #niconicolaiewsky #pletscaya #sbornia #educoelho #teatrosaopedro #teatro #ilustracao #desenho #claudiolevitan #quadrinhos